REGIÃO Natasha Rodrigues

Prefeito de Bariri é Investigado em Outros Dois Casos de Assédio Contra Crianças

Dois inquéritos de assédio contra crianças foram abertos

Prefeito suspeito de estuprar menina é investigado em outros dois casos de assédio contra crianças.

Prefeito de Bariri é Investigado em Outros Dois Casos de Assédio Contra Crianças

A Polícia Civil abriu dois inquéritos para investigar o envolvimento do prefeito interino de Bariri (SP), Paulo Henrique de Araújo,
que está preso suspeito de estuprar uma menina de 8 anos em Bauru (SP), em outros dois casos de assédio contra crianças.

Duas mães procuraram a polícia nesta terça-feira (24) para denunciar os casos.

Os crimes registrados como atos obscenos na presença de criança aconteceram na quarta-feira (18),
em Bariri, e na sexta-feira (20), em Itapuí.


Prefeito afastado de Bariri está preso na Penitenciária de Tremembé, em cela isolada, graças ao Foro Especial

As vítimas são duas meninas, de 9 e 10 anos, que reconheceram o prefeito por meio de fotos apresentadas pela Polícia Civil.

O novo advogado de defesa, Edson Reis, ainda não se manifestou sobre o caso.

Procurado pelo G1, ele informou que assumiu recentemente o caso e ainda vai se inteirar de todo o processo para poder se manifestar.



Câmeras de Segurança Registram Carro Preto

Em Bariri, câmeras de segurança flagraram a movimentação de um carro preto que,
segundo uma mulher que não quer se identificar, era dirigido por um homem que abordou a filha dela, de 9 anos, no ponto de ônibus.


Foto: Câmeras de segurança

Já em Itapuí, dois dias depois, um homem em um carro com as mesmas características parou uma criança de 10 anos e pediu para que ela entrasse no veículo.

Segundo o delegado seccional, essa criança relatou que o homem estava com o órgão genital exposto e praticando ato libidinoso.

“Pelas vítimas não se conhecerem, não se comunicarem, serem de cidades diferentes e os fatos terem ocorrido em dias diferentes,
tudo nos leva a crer que o suspeito preso vinha desde quarta-feira praticando crimes sexuais contra menores”, afirmou Ricardo Martines, delegado seccional de Bauru.


Foto: Reprodução TV Tem – Delegado Ricardo Martines

Martines explica que as provas desses dois novos casos serão juntadas ao inquérito que apura
o estupro da menina em Bauru para sustentar a tese de que o prefeito interino afastado
vem cometendo crimes sexuais contra crianças e deve continuar preso.



“Como houve, sim, um ato libidinoso na presença da criança, ele [Paulo Henrique] cai em outro crime que também trata de crimes sexuais contra vulnerável. Além disso, fotograficamente ele foi reconhecido sem sombra de dúvidas”, completa o delegado.

A Polícia Civil tem dez dias para concluir o inquérito.


Boletim de ocorrência registrado em Itapuí

Já o laudo que vai comprovar se houve o estupro sai em até 30 dias.

Na investigação, a polícia analisa ainda as imagens de circuito de segurança que mostram a abordagem à menina de 8 anos que teria sido estuprada em Bauru.

Sobre o autor | Website

Redatora, 23 anos, reside em Barra Bonita. Atuou em diversas áreas do Jornal Impresso, além de Produção de Vídeo, Gestora de Mídias Sociais e Colunista Social, posteriormente em Revista Local, hoje, Consultora em Marketing e Redatora na Vector News.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

1 Comentário

  1. 601996 787245Ill do this if need to as significantly as I hope that is not too far off the track. 824751