BARRA BONITA Débora Helene

Preço do combustível é parecido em postos de Igaraçu e Barra Bonita

Todo ano, o preço do combustível sobe e desce, várias vezes. Sempre a diferença de valor chega ao consumidor e geralmente chega ainda mais rápido quando o preço sobe.

Igaraçu do Tietê tem 5 postos de combustíveis, de bandeiras diferentes. Barra Bonita tem 8. Mas todos tem algo parecido: os valores dos combustíveis.

Conferimos o preço de 6 postos entre as duas cidades e os valores são praticamente os mesmos. Mudam 1 centavo ou outro, que no fim, não faz tanta diferença já que o valor do combustível é o único produto que usa-se a casa de milésimo nos centavos.

Algo que tem sido comum é quem sai da cidade para abastecer em uma cidade vizinha. Jaú tem registros de até 30 centavos de diferença. Em Dois Córregos, existe posto de combustível com ainda mais disparidade nos valores. “Tem vários fatores para essa diferença, como o frete, quantidade comprada, prazo de pagamento do combustível, companhia e principalmente a concorrência. Em Jaú, por exemplo, muitas vezes são postos pequenos, que só aceitam dinheiro e conseguem escapar de tributos que tomam o lucro. Assim conseguem ter dias de promoções e um preço acessível comparado às grandes bandeiras. No caso de Dois Córregos, imagino que o posto tem caminhão próprio para retirada da base ou usina”, explica um funcionário de posto, que preferiu não se identificar.

Para ele, a pouca diferença no preço, interfere no cliente. “Deixa-se de lado a qualidade do combustível, que deveria vir em primeiro lugar e busca somente o preço, porque em grandes quantidades, faz muita diferença”.

Ainda finaliza, garantindo que é possível preços diferentes entre os postos e até mais baratos do que temos hoje em dia. “Os preços estão sempre a risca da sobrevivência de acordo com os gastos dos postos para se manter. As vezes é preferível ter um preço baixo para não perder a clientela, pois hoje é difícil de fidelizar. Pode-se oferecer vantagens para o consumidor, como lavagem, troca de óleo, conveniência. Até o banheiro, para quem está viajando, faz diferença”.

Quem abastece fora

João Davih abastece em outras cidades, principalmente Jaú e Bauru. “Vou muito para essas cidades, então aproveito para encher o tanque. É vantajoso, pois abasteço em postos confiáveis, de ótima qualidade e além de tudo com o valor mais baixo”, explica.

Segundo ele, há alguns dias atrás, ele encontrou diferença de 40 centavos por litro entre os postos daqui e de fora. “Isso é demais. A diferença é muito grande”, finaliza.

 

Vector News | Por Débora Helene

Veja fotos dos valores dos postos de combustíveis:

Sobre o autor | Website

Jornalista, formada pela FIJ - Fundação Dr. Raul Bauab , 28 anos, nasceu em Jaú, reside em Igaraçu do Tietê. Atuou como Assessora de Imprensa na Câmara Municipal e jornalista em dois jornais impresso, hoje, jornalista freelance em Revista Local e na Vector News.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!