BRASIL Natasha Rodrigues

65 Milhões de Pessoas Estão Desempregadas no Brasil

Número de Pessoas Desempregadas no Brasil é Maior Desde 2012

O número de pessoas desempregadas no Brasil que não trabalham e nem procuram emprego atinge 65 milhões – é o maior da série histórica.

Pessoas desempregadas no Brasil

A taxa de desemprego recuou para 12,4% no trimestre encerrado em junho.

Isso quer dizer, que 13 milhões de pessoas estão desempregadas no país.

Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE por meio da pesquisa Pnad Contínua.

A população ocupada no país (91,2 milhões) aumentou 0,7% em 3 meses, um adicional de 657 mil pessoas;

Em relação ao trimestre encerrado em março.

Em 12 meses houve um aumento de 1,1% ou mais 1 milhão de pessoas.



No entanto, o número de brasileiros fora do mercado de trabalho atingiu 65,6 milhões;

Um aumento de 1,2% em 3 meses, ou seja, 774 mil pessoas.

Em um ano, esse número subiu para 1,2 milhões de pessoas.

Esse universo de 65,6 milhões inclui idosos, jovens e estudantes, além disso, pessoas que deixaram de ter disponibilidade ou desistiram de procurar um emprego.

Carteira Assinada em Queda

Em 3 meses o número de pessoas empregadas sem carteira assinada cresceu 2,6% – 276 mil pessoas.

Portanto o número recuou em quase 497 mil pessoas em 1 ano.

Segundo o IBGE, 40,6% dos ocupados, ou cerca de 37 milhões, são trabalhadores informais ou estão próximos da informalidade. São empregados sem carteira, doméstico sem carteira, conta própria sem CNPJ, empregador sem CNPJ e empregos doméstico auxiliar.

Também, o menor número da série histórica.

Por outro lado, um acréscimo de 555 mil pessoas começou a trabalhar por conta própria em 12 meses.

 

Vector News | Informações G1

Sobre o autor | Website

Redatora, 23 anos, reside em Barra Bonita. Atuou em diversas áreas do Jornal Impresso, além de Produção de Vídeo, Gestora de Mídias Sociais e Colunista Social, posteriormente em Revista Local, hoje, Consultora em Marketing e Redatora na Vector News.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!